Informação Prévia

Informação Prévia

Os psicólogos compreendem que as pessoas podem não dizer o que pensam quer porque não querem quer porque não são capazes de o fazer. Por exemplo, se perguntar "Quantos cigarros fuma?" a um fumador que fuma 4 maços por dia, este pode propositadamente dizer que só fuma 2 maços por dia porque pode sentir-se embaraçado ao admitir o número correcto. Ou, o fumador pode simplesmente não responder à questão, considerando-a como sendo do foro privado. Estes são exemplos de não querer relatar uma resposta conhecida. Mas também é possível que um fumador que fume 4 maços por dia possa referir que fuma somente 2 maços por dia porque acredita sinceramente que só fuma 2 maços por dia. Dar uma resposta incorrecta sem o saber chama-se por vezes de auto-engano; isto ilustra o não ser capaz de dar a resposta desejada.

A distinção não querer-não ser capaz é como a diferença entre esconder de propósito algo dos outros e esconder inconscientemente algo de si próprio. O Teste de Associação Implícita torna possível penetrar em ambos os tipos de ocultação. O TAI mede atitudes e crenças implícitas em que as pessoas ou não querem ou não são capazes de revelar.

Informação Prévia

Origens e medição com o TAI
Respostas a questões colocadas frequentemente acerca do TAI
Compreendendo e interpretando os resultados do TAI
Considerações éticas para aplicações do TAI

Informação para investigadores e organizações que gostariam de aprender mais sobre o TAI e o Projecto Implícito

Bibliografia de investigação relevante
Sítio da internet de Informação sobre o Projecto Implícito: Contém informação prévia acerca do projecto, informação acerca de contactos para serviços e material de investigação.

Tem algumas questões às quais não tenha obtido resposta acerca do teste? Envie-nos um email.

Copyright © IAT Corp.